segunda-feira, 6 de abril de 2009

Um dia nunca é comum

Tradução (ela só tem 5 aninhos e será alfabetizada este ano): Dinda Aline, te amo do fundo do coração.


Trabalhei o dia todo, fiz uma sessão de massagem, fiquei em dúvida de pintava ou não o cabelo. Comprei um colar com dois pingentes de menininhas, que representam meus dois grandes amores: Lara e Liv, sobrinhas amadas.

Vim pra casa achando que era um dia comum: iria ler um pouco, talvez escrever alguma coisa por aqui, ligar pra uma amiga que acabou de se mudar e tá morando aqui perto. Um dia normal, enfim.

Mas tive uma (linda) surpresa: chegou uma carta da minha irmã. Segue aqui na íntegra:


"Paraty, 03/04/09


Oi, Aline, tudo bem?

Você sabe o quanto eu adoro escrever, não é mesmo? Mas, em sua homenagem, abri uma excessão. Minha irmã não tem hábito de escrever. Bem, nem hábito e muito menos tempo.

Ontem pela manhã, vi uma cena linda, daquelas "tipo novela". Peguei a Lara dormindo com a cartinha que ela fez pra você. Foi realmente muito fofa a cena!

Aline, repare que a danadinha não só caprichou no conteúdo, como também caprichou no envelope. Muito lindo, né?

Ela escreveu esta cartinha num dia desses aqui na loja e me pediu para colocar na caixinha, 'aquela que chega carta, aquela mágica'. Mas como você bem sabe, minha vida de Yoga e cabeleiro é muito corrida e acabei esquecendo... Minha irmã, além de cuidar de 02 filhotas, ainda tem uma loja e é funcionária da Prefeitura. E depois dizem que a Mulher Maravilha é aquela dos filmes... Esse pessoal não sabe de nada mesmo.

Mas depois da cena, não tive como deixar pra lá.

Querida, aproveitando a oportunidade, coloquei junto uma foto da Liv com o uniforme da escola, no 1o dia de aula. Eu ia te entregar esta foto no próximo feriado, mas resolvi me adiantar pra você ir matando um pouquinho a saudade das meninas. Será que ela ainda não sabe que não fico 1 dia sequer sem olhar mil fotos das minhas gatinhas?

De coração espero que você goste da foto e da cartinha,pois as duas estaõ sendo entregues com muito amor.

E por falar em amor, minha irmã, vê se você se cuida, tá? Pois você tem duas sobrinhas-afilhadas que te amam muito te esperando.


Beijos,


Gisele"


E pensar que às vezes eu acho que felicidade plena é coisa de novela...