domingo, 19 de abril de 2009

Dia de Rei

Hoje é aniversário do "Rei Roberto" e tenho certeza de que você também tem pelo menos uma canção que emociona ou marcou uma época de sua vida.
Eu tenho várias, praticamente uma para cada pessoa amada.
Lá em casa sempre fomos muito ligados em música isso fazia a gente eleger uma e dizer "essa é pra você". Há alguns anos fiz um CD só com as tais músicas "lá de casa" e fiquei surpresa de como havia canções do Rei.

* De mim para meu pai: MEU QUERIDO, MEU VELHO, MEU AMIGO
" (...)Eu já lhe falei de tudo, Mas tudo isso é pouco Diante do que sinto... Olhando seus cabelos tão bonitos, Beijo suas mãos e digo: Meu querido, meu velho, meu amigo "

* De mim para minha mãe: LADY LAURA
"Tenho às vezes vontade de ser Novamente um menino E na hora do meu desespero Gritar por você. Te pedir que me abrace E me leve de volta pra casa, Que me conte uma história bonita E me faça dormir. Só queria ouvir sua voz Me dizendo sorrindo: Aproveite o seu tempo Você ainda é um menino. Apesar da distância e do tempo Eu não posso esconder: Tudo isso eu às vezes preciso Escutar de você (...) Quantas vezes me sinto perdido No meio da noite, Com problemas e angústias Que só gente grande é que tem. Me afagando os cabelos Você certamente diria: Amanhã de manhã Você vai se sair muito bem"

* Do meu pai pra mim: DEBAIXO DOS CARACÓIS DOS SEUS CABELOS (ele cantava quando vim morar no Rio e me via triste, com saudades de casa)
"Debaixo dos caracóis dos seus cabelos, Uma historia pra contar de um mundo tão distante
Debaixo dos caracóis dos seus cabelos, Um soluço e a vontade de ficar mais um instante.
As luzes e o colorido Que você vê agora Nas ruas por onde anda, na casa onde mora. Você olha tudo e nada te faz ficar contente Você só deseja agora Voltar pra sua gente (...)

Você anda pela tarde E o seu olhar tristonho Deixa sangrar no peito Uma saudade, um sonho.
Um dia vou ver você Chegando num sorriso Pisando a areia branca Que é seu paraíso (...)"

E tem a eterna, que eu canto pra minha mãe, pro meu pai, pra minha irmã, pras sobrinhas-afilhadas e também para os "irmãos de coração" que a vida me deu:

Eu tenho tanto pra te falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você
E não ha nada pra comparar
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor por você.


Nem mesmo o céu, nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor, nem mais bonito.


Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você.


Nunca se esqueça nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você.

Por isso eu gosto tanto do Roberto Carlos, porque com suas composições ele faz minha família ainda mais unida. E isso é a melhor coisa do mundo.