domingo, 31 de maio de 2009

MAIS SOBRE RECADINHOS

No post que falei sobre como eu A-D-O-R-O receber recadinhos dos leitores, deixei de falar de várias pessoas. Algumas são amigas, que leem o blog e eu nem sei (viu? mais um motivo para eu pedir: FAÇAM UMA BLOGUEIRA CARENTE FELIZ: COMENTEM!). Tem a Paulinha, minha agente de viagens predileta: não importa em qual empresa eu trabalhe, dou um jeito de trabalhar com ela. outro dia ela falou por MSN "Já tô até vendo: daqui a pouco você vai ser Editora Chefe de uma revista bem famosa". Viram como ela gosta de mim? Exageros à parte, achei um elogio e tanto ela falar isso baseado no que lê por aqui.

Também não falei do meu fotógrafo predileto, o Alexandre Camerini , de quem roubo umas fotinhos de vez em quando pra ilustrar alguma poesia ou simplesmente dar uma enfeitada no blog. Sem contar que ele foi um dos maiores incentivadores quando comecei a escrever aqui. Ele elogiava os textos, indicava para amigas e dizia: você escreve o que a mulherada gosta e precisa ler. A visão masculina é super importante nesse meu exercício aqui e por isso me amarro quando ele fala sobre algum post.

Tem a Lílian, a Flávia e a Bárbara, que também aparecem por aqui na surdina. Preciso falar algo sobre vocês, minhas amadas?

Ah! E tem o Dudu... Falei que estava chateada com ele. Mas não tô mais, não, viu? Você é muito fofo pra ficar de mal por muito tempo.

Vai faltar muita gente, mas são esses que mais falam "gostei de tal post" ou "nada a ver você falar sobre aquilo". Enfim, são esses que se manifestam, ao vivo ou on line.

Adoraria falar sobre os responsáveis por mais de 1.500 acessos num mês, mas vocês ficam aí, escondidinhos... Mesmo assim são super bem-vindos.