quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Da mesma série: Só uma mulher sabe o que é - TPD

Felizmente, não tenho mais TPM e isso é igual àquela propaganda de um cartão de crédito: NÃO TEM PREÇO.
Mas se não houver outros probleminhas para encherem minha cabeça, vou ficar muito deprimida. Então, outro dia ouvi um termo e rolei de rir. Principalmente porque vi que tenho esse "disturbio". É a TPD: TENSÃO PRÉ-DEPILAÇÃO.
Segundo minhas pesquisas, muito sérias e totalmente confiáveis, é uma síndrome que atinge a mulher que tem consciência do quão arrasador para um namoro é deixar para depilar somente quando vai à praia e também aquela que não tem namorado mas está viva. E estar viva, como a expressão sugere, quer dizer que ela pode não ter namorado, mas isso não tem nada a ver com estar celibatária.
Estou em plena TPD e isso quer dizer que não me acho digna de ser chamada de mulher. Não! Mulher não combina com esta perna à la Tony Ramos que se apossa de mim 1semana antes de depilar. Para disfarçar, não ouso colocar uma bermuda ou uma mini-saia. Bem, minhas roupinhas prediletas não são a única coisa que deixo de lado. Evito também qualquer contato, digamos, mais íntimo.
Percebi que até eu mesma me evito. Passei o final de semana todo evitando ficar muito tempo em frente ao espelho e nem mesmo meus divinos cremes (sou apaixonada por creme) passei, como se não olhar para aquele tanto de pêlos os fizesse desaparecer.
Uma vez me perguntaram "por que você não descolore?". Argh. Sinto nojo só de pensar nisso. Sei lá, pêlo loiro-blondor dá um aspecto de sujeira. Anti-higiene total. O melhor disfarce é roupa mesmo.
Agora dá licença, que eu vou dar um pulinho lá na depiladora. Certamente quando eu voltar estarei bem mais calma e de bem comigo. E a partir de amanhã venho trabalhar de bermuda ou vestido numa boa.