segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

100 anos de Carmen Miranda. Ela era uma mulher como eu , como você.

Carmen Miranda, "a brasileira mais famosa do Século XX", faria hoje 100 anos.
Mas ela morreu jovem, aos 49 anos. A causa da morte? Excesso de anfetaminas e calmantes. Sim, uma overdose de "remedinhos" que ainda hoje fazem muito estrago por aí.
Carmen Miranda foi conhecida como "Brazilian Bomshell", o mesmo modo como se referem à Gisele Bundchen. Durante cerca de 15 anos, foi a grande estrela de Hollywood, mas muitos de nós não temos noção exata do que seu nome representou nas décadas de 40 e 50. Assim como não imaginavam, aqueles que acompanhavam sua carreira, o grande drama que vivia a estrela: o da mulher que trocaria as luzes do palco por um casamento tradicional que lhe desse um filho.
Uma mulher rica, famosa, bem sucedida na carreira que ela escolheu (gente, estamos falando de uma mulher na década de 30!) que sucumbiu aos soníferos e estimulantes. Comprimidos para que tivesse algumas horas de sono e mais comprimidos para poder ficar acordada. Uma mulher cujos dramas pessoais lhe faziam frágil, atormentada, sofrida. Uma mulher bem parecida comigo, com você, com sua irmã.