terça-feira, 7 de julho de 2009

IRENE NO CÉU - MANUEL BANDEIRA


Uma das primeiras poesias que li foi essa "Irene no Céu".

Lá na Flip fiquei encantada com a réplica de São Pedro e Irene. Por isso fiz questão de fazer uma foto ao lado deles. Com um sorrisão, pra ver se São Pedro também me deixa entrar sem pedir licença.



Irene preta
Irene boa
Irene sempre de bom humor.
Imagino Irene entrando no céu:
- Licença, meu branco!
E São Pedro bonachão:
- Entra, Irene. Você não precisa pedir licença.