terça-feira, 2 de junho de 2009

ATAQUE ÀS CALORIAS



Que eu tô de dieta não é novidade: isso faz parte de mim. Às vezes me pergunto se já cheguei naquele estágio das obsecadas por emagrecer. Outras vezes eu tenho certeza de que já ultrapassei esse estágio. Se eu falar que acordo e dou "bom dia" pra balança vai ter gente que vai achar exagero. Juro de pés juntos que faço isso.

Depois de 3 meses de preguiça, voltei pra academia. Só que ando meio de saco cheio de fazer esteira (acho que ainda não consigo correr e fazer a aula em grupo), bike e spinning me doi a bunda. Então resolvi fazer uma aula diferente. Resultado: tê quebradinha. Fiz uma aula de BodyCombat ou algo do tipo e juro por Deus: não piso mais lá.

É uma mistura daquelas aulas de aeróbica, com muita coreografia: um bando de maluco correndo, mexendo os braços, pra um lado, pro outro, enquanto a perna vai pro outro. Tudo isso regado à música muito alta, do tipo estoura tímpano e professora com cara de sádica.

Bem, fiz a aula toda (1 hora!!!!!!), mas acho que só conta a metade, afinal, fiz a parte aeróbica e deixei a coreografia pra lá. Pô! Sou acostumada a correr, né? Correr é em linha reta. Sem contar que é só inspirar e expirar. Quando bate o cansaço é só diminuir o ritmo... faz um bem danado pra mente (além de mandar pra puta que as pariu as malditas calorias). Mas essa aula que experiementei... fala sério. É muita informação: perna pra cá, mão pra lá, pescoço pra não sei onde... Vai, volta, bate palma. Uma loucura. Eu que tenho até certa dificuldade em falar ao celular e andar ao mesmo tempo, achei aquilo lá coisa de outro mundo. E o pior: tuuuuudo doi hoje. Perna, braço (fiz até flexão, dá pra acreditar?), calcanhar.

Amanhã volto pra minha aulinha de abdominal e alongamento. Enquanto minhas pernas estiverem neste estado, não consigo nem pensar em esteira.
Existem jeitos melhores para se queimar calorias