sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

O livro da vez


Que eu sou compulsiva qualquer pessoa que passe 3 minutos ao meu lado já sabe. Felizmente, minhas compulsões não colocam em risco a integridade física de ninguém (o que pode ser prejudicial à integridade física é gente burra falando no meu ouvido. Sou impaciente desde pequeninha). Ainda bem que opto por chocolate ou doce de leite em vez de bebida alcoolica.

Pois bem, dentre outras delícias da vida, uma das minhas compulsões são os livros. Não tem gente que ama sapatos e compra váááários de uma vez só? Então, sou assim com livros. Compro pela internet, compro na Saraiva Megastore, compro em sebos. E sempre torço para ganhá-los de presente.

Geralmente rola uma empatia com um ou outro autor. Aí, baby, é duro de me aturar: não sossego enquanto não leio toda a obra da criatura. Ou melhor, do criador. Ah! E também falo dele pra todo mundo. Por isso que tô escrevendo sobre isso agora: estou lendo o livro "Mulheres Por que será que elas...?", da Leila Ferreira. Sim, ela mesma, a dos últimos posts... Fazer o que se adorei o texto dela? Não há nada de novidade, tudo o que está escrito ali a gente já sabe. Mas é gostoso relembrar, ainda mais porque ela escreve de um jeitinho tão "pra gente".

Bem, ela é mineira,né? Tem como não gostar de mineiros?

Fica a dica: "Mulheres Por que será que elas...?", da Editora Globo.