domingo, 11 de julho de 2010

Luluzinha´s Jam Session

Nunca mais eu bebo. Dessa vez é sério: não bebo mais durante a semana, muito menos o tanto que bebi ontem. Mas é que Luluzinha´s Jam Session pede vinho, mais vinho e conversa até ficar rouca. Ou até a vizinha reclamar, aquela vaca.
Ontem foi desabafo geral. Cara, tá todo mundo infeliz! Cada uma do seu jeito, mas todas com problemas, todas tristes.
Foi quase um campeonato pra saber quem tá mais fodida. Claro que só falamos de homens e relacionamentos. Bem, na verdade, falamos de homens e NÃO-RELACIONAMENTOS. Nuvenzinha negra na área.
Eu, que sempre conto minhas histórias como se fossem piadas (geralmente elas fazem parte do "seria cômico se não fosse trágico". Ou "seria trágico se não fosse de matar de rir"?), até chorei. Culpa do vinho e não do rapazinho que me deu um fora. Já não choro por causa de foras desde os 18 anos: acostumei.
Mentira, não acostumei,não. Na verdade eu tô triste pra caramba porque eu até que gostava dele.
Tava péssima ontem e quando vi que minhas amigas estavam com pena de mim, aí fodeu de vez. Chorei mesmo. Po! Elas sabem que o papel delas é levantar minha moral, é falar "Gata, quem perdeu foi ele" ou "amiga, ele é um babaca, maior mauricinho. Não sei o que vc viu nele". Pô! O papel de amiga é esse: falar mal do cara que cagou na nossa cabeça. Mas ela fizeram umas carinhas de penalizadas e aquilo foi pior que tudo.
Assim que passar essa ressaca maldita, vou ligar pras "luluzinhas" e dizer que pior do que dor de cotovelo é não ouvir das amigas que amanhã é vida nova, que sou legal pra caramba, sou bonita e tá assim de carinha querendo me consolar. Portanto, da próxima vez, elas já sabem o que me dizer.
Vou ligar logo que essa dor de cabeça deixar. Nunca mais eu bebo.