quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Sonho de poeta/ AG

Eu queria ser
um poema.
Um poema curto,
um poema lindo.
Um poema de Quintana,
mas não sou tanto.

Queria ser poema
do poeta mineiro:
espanto diante do mar.

Um poema do "Poetinha"
e botar um pouco de amor
na minha vida.

Quem me dera
ser poema
e viver para sempre
no coração da menina.