sexta-feira, 19 de junho de 2020

Quando a Rainha de Copas chegar

Ando tão intolerante. Falei sobe isso hoje com minha irmã. E já sei o que eu quero. 
Pra mim, no meu mundo, tinha que reinar o D´us do Antigo Testamento, aquele que todos dizem que era malvado e vingativo (porque o povo é burro e não entende que tudo lá é metáfora. Eu estudo a Torah e posso falar. Mas o assunto não é esse). Enfim, chega de um D´us bonzinho que perdoa todos. Tem gente que não está merecendo perdão há muito tempo. Quem faz arminha com a mão não merece perdão. Enquanto o Freixo não vira presidente, eu quero o D´us do Antigo Testamento no poder. Também serve a Rainha de Copas, da história da Alice.

Ia funcionar assim esse meu mundo ideal:

Uma pessoa (um anjo, se for o mandato de D´us ou um súdito, se for o da Rainha de Copas) anda na rua fazendo pesquisa. Aí para uma pessoa e pergunta "Você é racista?" E a pessoa responde "Não, de jeito nenhum. Tenho até um amigo preto". Pá! D´us , ou a Rainha de Copas, aparece e ordena "Cortem-lhe o pescoço!".

Outra pergunta, para outra pessoa: "Você é homofóbico?" e ela responde "Não, eu só não gosto de ver dois homens se beijando" OU "Não. Eu só não espero que meu filho seja gay" OU "Mais ou menos, é que eu acho que D´us criou o homem e a mulher. Mas cada um faz o que quer, né? " De novo! Aparece a Rainha de Copas, ou o referido D´us e dá novamente a ordem "Cortem-lhe o pescoço!".

E por aí vai. Chega de ser condescendente, chega de pensar "a vida vai ensinar" ou "ele precisa se instruir". Não, não dá mais tempo de se instruir. Já é tempo de não ser homofóbico, misógino, racista, gordofóbico. Não dá pra aceitar gente assim. Eles precisam ser eliminados. Sem dó. 

Não é assim que a milícia que está lá em Brasília faz? Eliminou o Adriano, o Bebiano, a Marielle. Quanto tempo o Queiroz tem de vida? A milícia não vai dar chance de ele abrir a boca. Viu? A gente também não pode dar espaço pra preconceituoso se criar. Se democracia tem limites, esse é um deles: os bestas-feras devem ser calados, eliminados, se preciso for.

E vamos ver Witzels, Crivellas, e tantos outros, terem seus pescoços cortados também. Wentraub também está na minha lista negra com esse último ato que impede/ diminui as chances de indígenas e negros e pobres ingressarem na Pós-Graduação. Ex-ministro ignorante. Analfabeto. 

Eu falei que estou intolerante, não falei? Estou de saco cheio de desigualdade social. Minha rua está cheia de morador de rua passando fome. Eu peço meu almoço e meu jantar no restaurante e separo parte do almoço e parte do jantar. À noite, levo para os dois da minha esquina, mas na outra esquina tem mais cinco. E eu me sinto uma babaca por fazer e falar que faço isso. Eu tenho obrigação de fazer, não tenho que falar. Eu, do alto de meu privilégio de mulher branca, carteira assinada desde os 20 anos, nível superior, mestranda, vejo morador de rua e não sei o que fazer. Tenho mais é que fazer alguma coisa. Aí me toco que não posso salvar o mundo e isso me deixa pior. Mas não me paralisa. Eu sou teimosa e mesmo gastando meu salário quase todo com o aluguel, eu ajudo ONG. Pronto, falei de novo. Eu posso ser uma privilegiada que fala sobre a ajuda que dá, mas também me encolho e sinto vontade de chorar quando vejo a quantidade de brasileiros mortos. A maioria preta ou "quase preta de tão pobres". Gil já falou isso. Eu sou uma privilegiada mas não sou indiferente. E me alio a causas sociais. Porque é meu dever lutar pelo direito do meu irmão preto, da minha irmã que apanha do marido, da minha irmã gorda, do meu irmão trans. Pelo direito do meu irmão e ponto. Como se fosse um verbo intransitivo, sem complemento: É meu dever lutar pelo direito do meu irmão e da minha irmã. 

Por isso eu queria a Rainha de Copas reinando. Cortando o pescoço dos babacas que acham normal morrer gente, "o que não pode é a economia parar". Caralho! Morto não compra.

Quando meu mundo ideal virar verdade, você aí, que não se posiciona, cuidado! Quem não está ao lado do oprimido está do lado do opressor. Cuidado porque eu vou delatar você. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comenta aí!